Um dia daqueles…

Sim, com muito esforço você levantou da cama, afinal, tem tantos afazeres, tantos problemas para resolver…coisas que só você pode fazer e mais ninguém…

Não, você não pode dar-se ao luxo de deixar tudo para depois, para outro dia… Já que é assim, vamos em frente…

 dogs-91536__180

Ocorre que, nesses dias, parece que tudo resolve conspirar contra você…Mesmo aquele banho logo cedo, com o sabonete de erva doce relaxante não traz o efeito desejado…Mesmo comendo brigadeiro no café da manhã, os nervos estão à flor da pele…

Não é só com você que isso acontece…Todos nós temos dias ruins. Dias em que nos sentimos sem graça, cansadas, com vontade de virar avestruz enterrar a cabeça num buraco até que tudo passe…

É só sair de casa e as tarefas mais simples parecem as mais penosas…Para ajudar, em um dia em que o ideal seria ficar quietinha no seu canto, é preciso conversar com muitas pessoas e parece que o mau humor toma o corpo de quem atende em cada lugar…

Nesses dias, temos que fazer um esforço sobrenatural para controlar nossas emoções, para não “meter os pés pelas mãos”. E essa é a parte mais difícil, principalmente por quê, muitas vezes, temos motivos suficientes para sair gritando ao mundo que tudo está errado.

Porém, tomar atitudes em momentos de profunda emoção não é a melhor opção. Quando estamos “sob efeito” das emoções, a chance de tomarmos a pior atitude ou de fazer a pior escolha é quase certa!

Isto porque não conseguimos pensar no que vem a seguir, na reação do próximo ou nas consequências que nossas palavras/atitudes podem trazer.

Quantas vezes desejamos que o tempo volte atrás, que a ocasião volte para termos novamente aquela chance? Ou, quantas vezes queríamos não ter dito aquelas palavras? Ah! Quem dera tivéssemos uma máquina do tempo…

Mas o que fazer se as emoções falarem mais alto? E se “nesses dias”, mesmo sem querer, as palavras saltarem da nossa boca e….droga! besteira feita?

Bem, nesses casos, a melhor coisa é respirar fundo, deixar a poeira baixar e, depois, com calma, tentar consertar ou, pelo menos amenizar o estrago que foi feito.

A primeira coisa que você deve fazer é não deixar que o “fantasminha” da culpa venha perturbá-la! Não fique se martirizando por um erro. Padrões de pensamentos negativos trazem sentimentos de inferioridade e escravidão. Perdoe-se e siga em frente!

Se for preciso procurar as pessoas que magoou naquele “dia ruim” e pedir perdão, nada melhor do que mostrar um arrependimento sincero. Claro que, se você magoou alguém nesses dias, terá que ser compreensiva caso as coisas não se resolvam facilmente… Afinal, cada um reage de uma forma diferente perante as mesmas situações. Às vezes, nossas atitudes criam feridas que levam um tempinho para cicatrizar.

Se não for possível consertar o que foi feito, siga em frente mesmo assim. Perdoe-se, analise os motivos que a fizeram agir como não queria ou deveria e busque agir diferente numa próxima…

Cometer erros também ajuda a nos conhecermos, a ver nossos limites. E, em um próximo dia ruim, o sinal de alerta irá acender, indicando que é melhor para por aí…A partir daí, você poderá, pelo menos tentar evitar as situações que possam “tirar você do sério”. Por exemplo, se você já acordou irritada ou tensa, que tal tentar desmarcar compromissos que possam ser adiados? Enquanto não temos um divino autocontrole, é melhor evitar situações que possam desequilibrar nossas emoções do que enfrentá-las e colher más consequências.

Às vezes é preciso saber parar…

Sempre que o dia ruim vier (e, infelizmente ele vem) olhe para cima, respire fundo e lembre-se:

Mesmo em um dia mau, temos um Deus bom!

Enquanto vivemos, temos a chance de aprender e de melhorar.

Então, vamos em frente, sempre!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s